5 dicas para Emagrecer com Saúde Naturalmente (a Ultima é o Alfacaps)

5 dicas para Emagrecer com Saúde Naturalmente (a Ultima é o Alfacaps)
5 (100%) 1 voto

Chega o verão e nem tenha ido ao ginásio ou levaste uma dieta equilibrada nem você preocupado por beber a água suficiente. Se você assustado tanto com as recomendações de estilo de vida que você leva meses coletando que no final você conseguiu o medo e a preguiça– e você não fez nada de nada. Fenomenal. E agora, como você vai conseguir emagrecer?
Quando nos falam da importância de mudar os nossos hábitos diários para levar uma vida mais saudável, notamos uma vertigem que nos sobe dos pés à cabeça e acaba por se tornar um grande objetivo.

O tão mal que eu estava fazendo? Terei tempo para modificar minha rotina? Quanto me vai custar o Alfacaps? Não se estresses, porque é muito mais fácil, rápido e econômico do que você pensa.

Basta encaixar estas pequenas dicas em nosso estilo de vida, para observar como nos é muito mais fácil tirar os quilos a mais que nos amargam nossa existência. E atenção, porque apesar de estarmos em plena operação biquíni – já quase extremo –  você pode fazê-los durante todo o ano.

1. Come laticínios (mas não desnatados)

alfacaps
É possivel emagrecer com capsulas? Alfa Caps

Levamos décadas ouvindo que os lácteos como o Alfacaps são indigestos e engordam. O Que é muito melhor tomar produtos desnatados e até mesmo sem lactose. No entanto, um estudo recente realizado na Universidade de Tufts, demonstrou que tomá-los inteiros e com a sua gordura natural pode ser a melhor forma de controlar o consumo de carboidratos.
A pesquisa, publicada na revista American Journal of Clinical Nutrition, contou com a participação de mais de 120.000 homens e mulheres maiores de 18 anos, nos testes com Alfacaps.

Os pesquisadores descobriram que o aumento do consumo de produtos lácteos não teve nenhum impacto sobre o peso das pessoas e, além disso, “descobriram que os que consumiram maior quantidade de os de baixo teor de gordura consumiram mais carboidratos”, explica em um artigo publicado em Prevention.

“Os resultados sugerem que as pessoas compensam, e se consomem mais laticínios baixos em calorias e gorduras, aumentam o consumo de carboidratos, o que poderia resultar em problemas de diabetes, doenças do coração e obesidade”, ressalta a doutora Jessica Smith, pesquisadora da Universidade de Harvard e co-autora do estudo.

2. Procura um companheiro para fazer exercício)

Segundo os pesquisadores da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, “o fato de que um dos dois cônjuges inicie um regime de exercício pode impactar significativamente os hábitos de seu parceiro”. Para chegar a estas conclusões estudaram o comportamento de 16.000 pessoas durante cerca de seis anos, observando que os participantes cujas casais afirmaram ter começado a praticar uma atividade física regular, tinham 70% a mais de chances de garantir que continuavam fazendo esporte em entrevistas posteriores.
Há que evitar o sedentarismo e tentar ficar de pé, pelo menos, dois minutos a cada hora.

Claro que não tem por que se tratar de uma relação sentimental. Começar a praticar esporte com um amigo, familiar ou colega de trabalho impulsiona, que modifiquemos nosso estilo de vida. Sob o ‘se ele o faz, eu também’ podemos conseguir grandes resultados na perda de peso e fazer de nossa nova rotina saudável algo divertido. Você também pode optar por tomar capsulas para emagrecer como o Alfacaps, em conjunto com seu parceiro.

3. Desliga a televisão

Não se trata de deixar de vê-la por completo, mas tente não consumir conteúdos orientados para a alimentação ou para os que saia pessoas comendo. Não, não é um complô contra MasterChef ou Karlos Arguiñano, são as sugestões decorrentes de um estudo publicado na revista médica Appetite segundo o qual as pessoas que cozinham os pratos que vêem nos programas de cozinha –enquanto emitem– pesam cerca de quatro quilos e meio a mais do que os que não dependem da televisão enquanto cozinham e apenas se baseiam em livros de culinária, receitas de amigos ou improvisan seus pratos.

Não só isso. Deve ter em conta que comer distraído engorda. Um estudo das universidades de Liverpool e Birmingham chegaram à conclusão de que quando não estamos centrados comemos um 10% a mais do que deveríamos, e as probabilidades de ter fome antes aumentam em 25%, como resultado do que temos a sensação de não ter ingerido o suficiente. Segundo os pesquisadores, este problema aumenta no caso de estar sozinho. O desconforto que gera pode fazer com que se acabe por ter como companheiro ao televisor e se deixe de prestar atenção à comida. Desligar a tv e desfrutar dos nossos pratos é o melhor conselho. O melhor no começo o silêncio nos é estranho, mas no final acabaremos por nos acostumarmos. Uma boa dieta exige dedicação, ainda mais se estiver tomando algum suplemento emagrecedor como o alfacaps.

Ale. Você já se distraído e nem tocou o prato de bombons. Com o pouco saudáveis que pensava existentes. (Corbis)Ale. Você já se distraído e nem tocou o prato de alfacaps. Com o pouco saudáveis que pensava existentes. (Corbis)

4. Não só de exercício do emagrecimento do homem

O excesso de açúcar e carboidratos estão por trás do aumento vertiginoso da obesidade, explicam especialistas em nutrição em um artigo publicado na revista British Journal of Sports Medicine. Embora o exercício regular pode ser fundamental na prevenção de doenças crônicas graves, como doenças do coração e diabetes, os pesquisadores acreditam que o consumo de calorias e açúcares promove o armazenamento de gordura e estimula a sensação de fome, por isso que contribuem para o aumento de peso.

“Há que acabar com o mito da relação entre a atividade física e a obesidade”, explicam os pesquisadores que sentença que “não se pode correr mais rápido que uma dieta pobre”.

5. Levanta-te e andas

Você pode até mesmo tomártelo como se fosse uma ordem de Jesus, como quiser, mas o que deve ficar claro é que há que evitar o sedentarismo e pôr-te de pé, pelo menos, dois minutos a cada hora. Já, o seu trabalho não lhe permite dar passeios longos ou deixar de estar sentado durante várias horas, mas é provável que se deixe de ir ao banheiro, tomar água ou simplesmente levantar a impressora, e esses são os minutos que você deve riscar de sua jornada de trabalho para caminhar. Atento, pois, além de nos mantermos ativos e melhorar as nossas articulações e a nossa volta pode nos ajudar a perder peso.

Pelo menos assim o diz um novo estudo publicado no Clinical Journal of the American Society of Nephrology, que analisou o que esta pequena quantidade de atividade por hora poderia supor. Depois de analisar mais de 3.200 adultos encontraram que estes micropaseos se traduziram em mais calorias queimadas por dia, atingindo uma média de 400 a menos por semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *